Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Violência contra a Mulher

Não a Mulher não gosta de apanhar, aliás, ninguém gosta. Apesar de todo o desenvolvimento social, tecnológico, econômico, educacional, ainda assim parece que estamos retrocedendo enquanto seres humanos. Sabe-se que por muito tempo as mulheres eram tratadas de forma submissa, criadas para servir e obedecer, sujeitando-se as mais diversas formas de humilhação. O desrespeito e a violação de seus direitos foram e ainda são um reflexo da ignorância humana. Toda mulher tem direito a vida, a saúde e integridade física. A violência da mulher se manifesta de diversas formas tais como: violência física, sexual, psicológica, agressões verbais, patrimonial, moral. Os principais tipos de violência contra a mulher acontecem dentro do lar com pessoas próximas, marido ou companheiro, onde deveria haver uma relação de afeto, respeito e carinho, existe uma relação de violência. E por acontecer dentro de casa faz com que a mulher fique mais vulnerável ainda, pois é comum ouvir as pessoas dizerem: “ em briga de marido e mulher não se põe a colher”, outro absurdo que ainda ouvimos é: “apanha por que gosta, se não sairia de casa”. Bom, vou explicar alguns pontos, a mulher não gosta de apanhar, aliás, ninguém gosta. O que de fato ocorre é que há uma mulher muito abalada psicologicamente, com muito medo, não acredita que pode viver sozinha, que é ameaçada de todas as formas, que muitas vezes não tem para onde ir, não quer deixar seus filhos, foi educada pela sociedade machista de que é errado se separar do marido, que na alegria e na tristeza devem permanecer juntos, às vezes não tem recursos financeiros, mas também pode ser devido a muitos outros fatores. O que devemos fazer é sim lutar pelos direitos das mulheres, é defender as nossas mães, nossas amigas. Devemos denunciar sim qualquer tipo de violência que sabemos que está acontecendo. O assédio também é uma violência que pode ocorrer no ambiente de trabalho, em que a mulher se sente muitas vezes intimidada, devido a este tipo de prática ser exercida principalmente por pessoas que ocupam posições hierárquicas superiores as mesmas. A violência também acontece com as: mulheres lésbicas e bissexuais que podem sofrer diversos tipos de violência em função de sua orientação sexual, desde agressões físicas, verbais e psicológicas, até estupros corretivos (que pretendem modificar a orientação sexual da mulher). Mulheres transexuais também se tornam alvos de preconceitos e agressões múltiplas, e ainda lidam com violências dentro de instituições, como as que ocorrem no ambiente de trabalho e nos serviços de saúde. Um dos instrumentos mais importantes para o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra as mulheres é a Lei Maria da Penha - Lei nº 11.340/2006. Esta lei, além de definir e tipificar as formas de violência contra as mulheres (física, psicológica, sexual, patrimonial e moral), também prevê a criação de serviços especializados, como os que integram a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, compostos por instituições de segurança pública, justiça, saúde, e da assistência social. Enfim todas as mulheres tem o direito de não sofrer nenhum tipo de violência, seja no ambiente público ou privado. É dever do estado e de todos lutar contra a violência. Segue link Lei Maria da Penha: https://presrepublica.jusbrasil.com.br/…/lei-maria-da-penha… Ligue: 180 O Ligue 180 é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato) oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres do Ministério dos Direitos Humanos. A Central recebe denúncias de violência, reclamaçõe

s sobre serviços da rede de atendimento à mulher e orienta as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhados para outros serviços quando necessário.

Contato:16-9 91249738

Av. Dr. Carlos Botelho, 1158 - Centro, São Carlos - SP, 13560-251, Brasil

  • Facebook

©2018 by psicólogocogntivocomportamental. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now